É preciso saber (recomeçar e) viver

Abrir os olhos, ir até a janela, deixar os raios de luz entrarem, encarar a luz lá fora e respirar bem fundo. Revirar gavetas entulhadas daquilo que não traz nada de bom, jogar no lixo tudo que não faz mais bem. Entender que a vida nada mais é que saber fazer sempre novos inícios, mesmo quando parecer que não será possível.
Saber que de nada adianta se prender ao passado e, realmente, não é saudável viver de lembranças que nada mais acrescentam. A partir de agora, soltar amarras que prendem os pulsos, largar para trás os grilhões que não deixam que a caminhada continue, suspirar ao ver o horizonte pela frente e tomar fôlego para ir com tudo atrás daquilo que se quer e do que faz bem.
Compreender que qualquer marinheiro tem medo de entrar no mar em noite de tempestade, mas o faz se necessário for. Da mesma maneira, comece a enfrentar aquilo que te amedronta e se arrisque para ir em busca do que faz seu coração acelerar. 
Confiar e, se mesmo assim sentir receio, fechar os olhos antes de se propor a lutar pelo que faz sorrisos brotarem em sua face. De verdade, quando menos esperar, estará com aqueles olhos que costumam chamar de janela d'alma a brilhar.
Não, não será um mar de rosas, haverão lutas perdidas, lágrimas pela face e parecerá que tal caminho não trará vitórias, mas não há de se perder a esperança nem a batalha desta jornada chamada vida. Por mais difícil que pareça, a vida está aí para lotar nossos dias de alegria e amor.
Lembrar-se de novamente limpar os espaços vazios que de novo acumula tralha, se livrar de quem não traz sentimentos bons, se afastar daquilo que faz a vida algo mais pesada. Recomeçar a cada dia ao olhar o Sol brilhando lá fora, afinal, é preciso saber renascer.
CATEGORIAS: , ,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

siga no instagram: @chezyasmin
]]